VOZ - Logo 2020 com texto (branco).png

Bem-vindos!

Sobre a EBD

          No ano de 1969, o astronauta Neil Armstrong saiu do módulo da Apollo 11 e, pisando em solo lunar, disse: “Este é um pequeno passo para o homem, mas um grande salto para a humanidade”.  De fato, toda grande conquista é precedida de um pequeno passo. Foi assim que, em 1780, o jornalista anglicano Robert Raikes, ao ver crianças maltrapilhas nas ruas de Gloucester, decidiu contratar quatro professoras para que, aos domingos, os alfabetizassem (àquela época as crianças britânicas trabalhavam desde cedo em fábricas, de segunda a sábado) e, ao mesmo tempo, os ensinassem sobre a Bíblia. Três anos depois, Raikes publicou os resultados em seu jornal e motivou líderes de várias igrejas a implantarem tal projeto, o que não apenas foi feito, mas também amplificado na alfabetização de jovens e adultos e, passo seguinte, a todos os que tinham interesse em aprender mais sobre a Bíblia, em um ambiente mais próximo que o do púlpito nos cultos, com possibilidade de se tirarem dúvidas, fazerem chamada de presença e realizarem deveres para a semana.

        Apesar de inicialmente ser recebida com desconfiança, sua ação deu certo: sete anos depois de seu começo, já eram 250.000 alunos inscritos nas igrejas de diversas denominações da Inglaterra. Dez anos depois (em 1790) já se organizava a primeira associação de Escolas Dominicais nos Estados Unidos, chegando ao Brasil em 1855 pelo casal de missionários escoceses Robert & Sarah Kelley, em Petrópolis, sob conhecimento do imperador D. Pedro II. Igrejas de todo o planeta continuavam implantando esta bendita ideia, ao ponto de, em 1932, o Rio de Janeiro ter abrigado a XXI Convenção Mundial das Escolas Dominicais, com 1849 delegados representando igrejas de 33 países.

          Com o lançamento da revista VOZ, em 2021, a Igreja de Nova Vida dá o seu passo, publicando sua própria revista para as Escolas Bíblicas Dominicais com lições escritas por seus bispos e pastores, visando o fortalecimento, cada vez maior, das ovelhas que Cristo nos confiou neste bendito aprisco de nossa amada denominação.

 

          Bons estudos e que, através do meditar e compartilhar destas páginas, Deus te abençoe rica e abundantemente!

 

Bp. Martinho Lutero Semblano

Coordenador

Sobre o tema do 2º trimestre de 2021

​"A fruta da estação: coma sem moderação"

          O tema deste trimestre aborda sobre o amor de Deus e suas características que acompanham aos que, crucificando sua carne, “andam no Espírito”. Este magno sentimento, que por Paulo na carta escrita aos cristãos da Galácia (no capítulo 5), foi descrito como um fruto, não é passivo nem individualista; pelo contrário, deve ser notado por todos e a todos transmitido, tanto por atos que denotem sua existência na vida de cada cristão, como pela influência que o mesmo deve deixar como marca por onde passe. 

          Nestas treze lições, as nove virtudes deste fruto espiritual são contrapostas à outra relação – a das obras da carne – sendo que ambas foram elaboradas com afinco por bispos e pastores da Igreja de Nova Vida, visando fazer com que reflitamos sobre os aspetos a serem em nós aperfeiçoados, e que, a cada dia, possamos glorificar a Deus pela nossa fé, resultante de nosso conhecimento na Palavra de Deus, no acolhimento pleno da mesma em nossos corações, e na prática diária, através de exercícios espirituais em nossos pensamentos e em nossas ações.

          Que Deus te abençoe rica e abundantemente.

conselhonovavida.com.br