Setorização das missões

Para melhor administrar as Missões, a Secretaria de Missões assim setoriza os tipos de Missões:

- Missões Urbanas (cidade do Rio de Janeiro).
- Missões Nacionais (outras cidades do Brasil).
- Missões Rurais (povoados distantes das grandes cidades brasileiras).
- Missões Transculturais (exterior).


I – Necessidades financeiras para as Missões TRANSCULTURAIS

As doações para as igrejas no exterior terão trêsfases: Preparação, Implantação e Apoio

1. Fase da Preparação

    a. Passagens para o missionário e esposa/marido e filhos (caso os tenha).
    b. Despesas de passaportes*.
    c. Despesas dos vistos*.
    d. Passagens para São Paulo (caso não haja consulados no Rio de Janeiro)*.
    e. Despesas de contrato/cartórios.
    f. Compra de material básico do lar
        (caso não acompanhe o aluguel: geladeira, fogão, cama,
        material de cama/mesa/banho etc.).
    g. Compra de um carro.
    h. Compra de um laptop 
        (servindo inclusive, para envio de comunicação escrita e por voz,
        através do software Skype, que por ser gratuito facilita a comunicação
        dos missionários com seus parentes e amigos).
    i. Aluguel da casa pastoral (e possível depósito, caso não haja fiador).
    j. Aluguel do templo (e possível depósito,caso não haja fiador). 

2.  Fase da Implantação

    a. Reformas no templo
        (alvenaria, iluminação, marcenaria, sistema hidráulico,
        piso, pintura, vidraçaria).
    b. Cadeiras / poltronas.
    c. Púlpito.
    d. Mesa de som e caixas amplificadas.
    e. Microfones.
    f. Instrumentos (ao menos violão elétrico ou teclado).
    g. Amplificadores para os instrumentos.
    h. Projetor (data-show).
    i. Letreiros (serralheria e impressão). 

3. Na última fase, chamada de Apoio,os missionários receberão ajuda mensal, através das "COLUNAS" (veja adiante) para seu sustento (para auxiliá-los nas despesas de alimentação, vestimenta, aluguel, luz, água etc.), até que o próprio missionário comunique ao secretário de Missões que pode diminiur o envio de recursos (para quantias que o próprio propuser, indo até a finalização de envio de recursos) pela auto-suficiência financeira daquela igreja, sendo então estes recursos redistribuidos a outra frente missionária.

4. Alcançado o alvo (fases 1 e 2) pelos Semeadores antes dos 6 meses de compromisso, os plantios restantes destes Semeadores serão somados aos demais recursos enviados pelos Colunas. No caso de não haver Colunas, tais plantios serão redistribuídos à Secretaria de Missões, que o enviará à igreja que esteja com maior necessidade.


II – Necessidades financeiras para as Missões NACIONAIS e RURAIS

Tais doações se farão em três fases: Preparação, Implantação e Apoio.

1. Fase da Preparação

    a. Passagens para o missionário e esposa/marido e filhos (caso os tenha).
    b. Despesas de contrato/cartórios.
    c. Compra de material básico do lar
        (caso não acompanhe o aluguel: geladeira, fogão, cama,
        material de cama/mesa/banho etc.).
    d. Compra de um carro.
    e. Compra de um computador
        (servindo inclusive, para envio de comunicação escrita e por voz,
        através do software Skype, que por ser gratuito facilitará a comunicação
        dos missionários com seus parentes e amigos).
    f. Aluguel da casa pastoral (e possível depósito, caso não haja fiador).
    g. Aluguel do templo (e possível depósito, caso não haja fiador). 

2.  Fase da Implantação

   a. Reformas no templo
        (alvenaria, iluminação, marcenaria, sistema hidráulico,
        piso, pintura, vidraçaria).
    b. Cadeiras / poltronas.
    c. Púlpito.
    d. Mesa de som e caixas amplificadas.
    e. Microfones.
    f. Instrumentos (ao menos violão elétrico ou teclado).
    g. Amplificadores para os instrumentos.
    h. Projetor (data-show).
    i. Letreiros (serralheria e impressão). 

3. Na última fase, chamada de Apoio,os missionários receberão ajuda mensal, através das "COLUNAS" (veja adiante) para seu sustento (para auxiliá-los nas despesas de alimentação, vestimenta, aluguel, luz, água etc.), até que o próprio missionário comunique ao secretário de Missões que pode diminiur o envio de recursos (para quantias que o próprio propuser, indo até a finalização de envio de recursos) pela auto-suficiência financeira daquela igreja, sendo então estes recursos redistribuidos a outra frente missionária.

4. Alcançado o alvo (fases 1 e 2) pelos Semeadores antes dos 6 meses de compromisso, os plantios restantes destes Semeadores serão somados aos demais recursos enviados pelos Colunas. No caso de não haver Colunas, tais plantios serão redistribuídos à Secretaria de Missões, que o enviará à igreja que esteja com maior necessidade.


III – Necessidades financeiras para as Missões URBANAS

As doações para as igrejas no Rio de Janeiro selimitarão às duas primeiras fases, Preparação(itens “i” e “j”) e Implantação(todos os itens). 

As doações para as igrejas no exterior terão trêsfases: Preparação, Implantação e Apoio

1. Fase da Preparação

    a. Despesas de contrato/cartórios.
    b. Aluguel da Igreja (e possível depósito,caso não haja fiador). 

2.  Fase da Implantação

  a. Reformas no templo
        (alvenaria, iluminação, marcenaria, sistema hidráulico,
        piso, pintura, vidraçaria).
    b. Cadeiras / poltronas.
    c. Púlpito.
    d. Mesa de som e caixas amplificadas.
    e. Microfones.
    f. Instrumentos (ao menos violão elétrico ou teclado).
    g. Amplificadores para os instrumentos.
    h. Projetor (data-show).
    i. Letreiros (serralheria e impressão). 

3. Na última fase, chamada de Apoio,os missionários receberão ajuda mensal, através das "COLUNAS" (veja adiante) para seu sustento (para auxiliá-los nas despesas de alimentação, vestimenta, aluguel, luz, água etc.), até que o próprio missionário comunique ao secretário de Missões que pode diminiur o envio de recursos (para quantias que o próprio propuser, indo até a finalização de envio de recursos) pela auto-suficiência financeira daquela igreja, sendo então estes recursos redistribuidos a outra frente missionária.

4. Alcançado o alvo (fases 1 e 2) pelos Semeadores antes dos 6 meses de compromisso, os plantios restantes destes Semeadores serão somados aos demais recursos enviados pelos Colunas. No caso de não haver Colunas, tais plantios serão redistribuídos à Secretaria de Missões, que o enviará à igreja que esteja com maior necessidade.

 

Nossa história através de nossos informativos

Últimas notícias

05/07/2017 18:17
Com a programação de aniversário...
03/04/2017 10:34
Após período usando o sistema...
23/12/2016 13:28
 À partir de janeiro dois dos...
1 | 2 | 3 | 4 >>

 

Agenda

Newsletter

Assine a nossa newsletter:

Baixe agora o nosso aplicativo