Manual de Ética

Este Manual de Ética rege as ações e comportamento dos pastores e missionários que integram o ministério das Igrejas de Nova Vida da Tijuca.

Envolvimento financeiro

 

1. Por questões de prudência, zelo e preservação do bom nome do evangelho, e consequentemente da autoridade delegada pelo presbitério da Igreja de Nova Vida, é terminantemente proibido aos seus presbíteros e demais oficiais das igrejas a tomar ou conceder empréstimos junto a membros das igrejas que integram este ministério, incluindo seus cônjuges e filhos.

2. Por questões de prudência, zelo e preservação do bom nome do evangelho, e consequentemente da autoridade delegada pelo presbitério da Igreja de Nova Vida, é terminantemente proibido aos seus presbíteros e demais oficiais das igrejas uso de cartões de crédito de membros das igrejas deste ministério, mesmo que empenhem suas palavras em quitar tal débito antes da data de vencimento do mesmo, incluindo seus cônjuges e filhos.

3. Por questões de prudência, zelo e preservação do bom nome do evangelho, e consequentemente da autoridade delegada pelo presbitério da Igreja de Nova Vida, é terminantemente proibido aos seus presbíteros e demais oficiais das igrejas uso de cheques de membros das igrejas deste ministério, mesmo que empenhem suas palavras em quitar tal débito antes da data de vencimento do mesmo.

4. Por questões de prudência, zelo e preservação do bom nome do evangelho, e consequentemente da autoridade delegada pelo presbitério da Igreja de Nova Vida, é terminantemente proibido aos seus presbíteros e demais oficiais das igrejas a se utilizar regularmente de descontos em comércio de membros das igrejas que integram este ministério (ex: restaurantes).

5. Por questões de prudência, zelo e preservação do bom nome do evangelho, e consequentemente da autoridade delegada pelo presbitério da Igreja de Nova Vida, é terminantemente proibido aos seus presbíteros a envolver-se em sociedade comercial/de serviço com membros das igrejas que integram este ministério.

6. Por questões de prudência, zelo e preservação do bom nome do evangelho, e consequentemente da autoridade delegada pelo presbitério da Igreja de Nova Vida, é terminantemente proibido aos seus presbíteros a vender e/ou divulgar de todo e qualquer material nas dependências das igrejas, que não sejam as disponibilizadas nas livrarias e cantinas das mesmas das igrejas que integram este ministério, incluindo seus cônjuges e filhos.

7. Por questões de prudência, zelo e preservação do bom nome do evangelho, e consequentemente da autoridade delegada pelo presbitério da Igreja de Nova Vida, é terminantemente proibido aos seus presbíteros e demais oficiais das igrejas uso de bottons, PINs e outros materiais de propaganda e divulgação de produos e serviços durante o cultos, assim como no trajeto ao mesmo e na saída do mesmo, incluindo seus cônjuges e filhos.

8. Por questões de prudência, zelo e preservação do bom nome do evangelho, e consequentemente da autoridade delegada pelo presbitério da Igreja de Nova Vida, é terminantemente proibido aos seus presbíteros e demais oficiais das igrejas uso de materiais de propaganda e divulgação de produtos e serviços nos carros (ex: adesivos).

9. A Igreja de Nova Vida é isenta de toda cobrança de ordem financeira e judiciail a seus pastores e missionários, afastando-os temporariamente de suas funções até que o mesmo resolva tais pendências.

 

10. Os presbíteros devem ser honestos, pregando o que vivem e crêem. Assim, se for exigir que a igreja jejue, ele deve jejuar; se for exigir que a igreja se envolva em uma campanha, deve ser ele o exemplo de todos etc.

 

Outras questões que devem ser observadas

 

1. Não pode haver bypass. Quando procurado por um membro de uma outra igreja do ministério, o presbítero é proibido em atendê-lo (salvo urgências justificáveis) sem que, antes, comunique ao líder do mesmo.
 

2. Os presbíteros devem reservar o sábado como dia específico e exclusivo ao lazer com sua família, sem agendar nenhum compromisso denominacional no mesmo. Caso possa, deve ampliar a mais um dia na semana (ao menos) para este mesmo fim.

 

3. A freqüência dos presbíteros nos CCMs, ordenações e convocações do pastor presidente são obrigatórias.

4. Aos novos presbíteros, levantados a partir de dezembro de 2008, é obrigatório participar do sistema de aposentadoria do INSS imediatamente. Aos presbíteros levantados antes de referida data, devem fazê-lo, obrigatoriamente, até o final do ano de 2009.

5. Aos novos presbíteros, levantados a partir de dezembro de 2008, é obrigatório prover a seu cônjuge e filhos plano de saúde, e que inclua internações e cirurgias. Aos presbíteros levantados antes de referida data, devem fazê-lo, obrigatoriamente, ainda no primeiro semestre do ano de 2009.

6. É terminantemente proibido aos presbíteros, oficiais e membros das Igrejas de Nova Vida da Tijuca o envolvimento com sociedades secretas (maçonaria etc.). 

 

Este manual está fase de construção, sendo atualizado em 29/12/2008. Por isso, as numerações acima agrupadas são provisórias, apesar de serem os textos válidos.

Para ver a agenda geral em tamanho maior, clique aqui

  

Nossa história através de nossos informativos

 

Agenda

Newsletter

Assine a nossa newsletter:

Baixe agora o nosso aplicativo